Pinho Moreira extingue ADR de Caçador e mais 14 Agências

179

Governador em exercício, Eduardo Pinho Moreira (MDB), em coletiva à imprensa acaba de anunciar a extinção de 15 Agências de Desenvolvimento Regional (ADR), antigas SDRs e a extinção de quatro Secretarias de Estado Executivas. Entre as ADR’s extintas, está a do município de Caçador, sendo que agora os municípios pertencerão a ADR de Videira. O anuncio visa ajustar as contas, reduzindo em mais de 20% dos cargos comissionados do Estado, com o corte imediato de 185 cargos comissionados. As metas do novo governador são as áreas de Segurança Pública e Saúde, onde precisará investir mais recursos. A decisão consta em decreto que será publicado nesta quarta-feira (21).

Moreira ressaltou que esteve ao lado do ex-governador Luiz Henrique da Silveira (MDB) quando foram criadas as antigas Secretarias de Desenvolvimento Regional. Ele lembrou que a ideia inicial era a criação de um órgão em cada microrregião. Entretanto, por pressão política, foram criadas estas quinze a mais que hoje foram extintas. Suas funções serão alocadas para as regionais que representam cada microrregião. Até hoje eram 35 ADRs.

Foram extintas as seguintes ADRs: Itapiranga, Dionisio Cerqueira, Palmito, Quilombo, Seara, Caçador, Ituporanga, Taió, Ibirama, Timbó, Brusque, Laguna, Braço do Norte, Canoinhas e São Joaquim.  O governador também comunicou a decisão de extinguir oficialmente as secretarias executivas de Articulação Estadual, de Supervisão de Recursos Desvinculados, de Assuntos Internacionais e de Assuntos Estratégicos.

Eduardo ainda anunciou que somando-se a isso, nas próximas semanas estará fazendo o remanejamento de secretários de estados e outros cargos comissionados. Seu objetivo é ter um corte superior a 20% dos cargos comissionados do Estado. “Isso é uma demonstração política de que haverá um enfrentamento a esta realidade necessária de contenção dos gastos e controle absoluto dos gastos públicos”, disse.

Informações: Adriano Ribeiro