Ricardo Cappra e música dos Beatles no encerramento do SEMAD 2018

28

A palestra de Ricardo Cappra em Fraiburgo contou com apoio da empresa Polpa Brasil Desidratados

Ricardo Cappra, fundador e cientista-chefe do laboratório de ciência de dados da CAPPRA e do Mission Control – primeiro laboratório público para análise de dados sociais no Brasil – foi uma das estrelas do Seminário de Administração de Fraiburgo (SEMAD). Ele ministrou a palestra de encerramento do evento, nesta quinta-feira (29) no Parque da Maçã em Fraiburgo. A palestra de Ricardo Cappra em Fraiburgo contou com apoio da empresa Polpa Brasil Desidratados.

Ricardo Cappra é um cientista de dados especialista em business analytics. E, embora pouca gente tenha ouvido falar dele, Cappra é uma figura conhecida dentro de empresas como Coca-Cola, Itaú, Santander, Ambev, Whirlpool e até mesmo entre os assessores do ex-presidente americano Barack Obama, já que atuou na área de business intelligence da campanha que reelegeu o democrata.

Para um público de mais de 700 pessoas, Cappra sobre o avanço da tecnologia e a overdose de informação que temos hoje. “A quantidade de informações que recebemos diariamente nos colocou em uma situação bem delicada. Nosso limite de processamento de informação chegou ao limite, e não estou falando do limite de armazenamento do cérebro, mas da capacidade de recuperação e uso das informações armazenadas”, pondera Ricardo Cappra.

Segundo ele os algoritmos por trás das ferramentas de busca aprendem baseadas nos hábitos e rastros deixados pelos próprios indivíduos “Se vocês têm uma Smart TV, ela tem registro de voz e guarda tudo que vocês falam em casa. Quando vocês conectam essas TVs à internet esses dados sobem para os servidores e são comparados com dados de todo o mundo. O WhatsApp também tem esse recurso de captação de voz. Por isso que quando você fala alguma coisa com alguém, depois de um tempo pode receber uma propaganda sobre o assunto que você estava conversando. E isso muda todo o ambiente dos negócios”, ressaltou o cientista de dados.

O palestrante trouxe ao público a questão do Big Data e a história por trás dos dados. “Eles têm três vertentes. Crescem com grande velocidade, em uma variedade de formatos que não temos como demonstrar (fotos, vídeos, textos, lives, conversas) e em um volume de informação inexplicável”. “O Facebook, utilizado como modelo, produz cerca de 60 milhões de dados que são atualizados diariamente e analisados sob o comportamento desses usuários”, completa.

A atração cultural da última noite do SEMAD foi com Metralhas Beatles Again, banda lendária do Paraná, pioneira no som dos Beatles e Elvis desde os anos 60 e até hoje em atividade sempre se renovando para melhorar e se qualificar.

No seu pronunciamento, o presidente da UNIARP Neoberto Balestrin destacou a importância de Fraiburgo e a atuação da Universidade em prol do desenvolvimento regional. “É com satisfação que a UNIARP realiza este e outros eventos em prol do desenvolvimento da nossa região. Um país e um povo estarão tão mais próximos de ingressar no rol dos países e povos desenvolvidos, na economia, na ciência e em qualidade de vida, quanto mais sólida e desenvolvida for sua estrutura educacional. Estamos trabalhando firmes com este objetivo, incentivando o aperfeiçoamento profissional. Seguimos com investimentos em estrutura e material para dar suporte a toda esta geração do conhecimento. Quero agradecer aos valorosos parceiros de mais esta edição do SEMAD. Aos coordenadores, professores e acadêmicos dos cursos de Administração e Ciências Contábeis. Agradecer aos colaboradores da UNIARP que não medem esforços, que cuidam de cada detalhe para garantir sempre um grande evento. As instituições parceiras. E um agradecimento mais que especial também aos patrocinadores. Através de eventos como o SEMAD, a Universidade está atuando para gerar ações reais de transformação”, declarou.

O evento contou com pronunciamentos da prefeita de Fraiburgo, Claudete Gheller Mathias, do presidente da UNIARP Neoberto Balestrin, da pró-reitora Soeni de Barros Yamaguchi e do diretor comercial da empresa Polpa Brasil, Rodrigo Lemos.

 

Grandes atrações culturais e palestras

O SEMAD iniciou dia 27 de março com apresentação do Coro Lírico Catarinense, com regência do maestro Patrick Cavalheiro. A palestra da noite foi com Thedy Corrêa, músico e compositor da banda de rock “Nenhum de Nós” desde 1986. Ele falou sobre o tema: “Soluções Criativas”.

A segunda noite do Seminário iniciou repleta de belas músicas, feitas com arranjos delicados e integrados a uma linguagem visual tão angelical e inspiradora que só o Trio Amadeus sabe fazer. Uma mistura de música erudita e popular, uma harpa, um violão, um violino e muitas surpresas especiais encantaram o público no Parque da Maçã, em Fraiburgo. A palestra da noite foi ministrada pela empresária Daniela Tombini, cuja empresa conquistou importantes espaços no mercado nacional e internacional. Natural de Brusque e formada em Administração pela Fundação Educacional do Alto Vale do Rio Peixe, Daniela Tombini se consagra não só como visionária, mas acima de tudo, uma empresária de grande notoriedade para o ramo têxtil de Santa Catarina.

O SEMAD é promovido pelo Ministério da Cultura, Cultura Viva, UNIARP através dos cursos de Administração e Ciências Contábeis, Empresa Júnior, Ponto de Cultura, Centro Cultural Egon Frey, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC).